Teste rápido para covid-19 é incorporado ao portfólio do Hermes Pardini contra a doença

As grandes empresas de Medicina Diagnóstica do país estão se adequando à realidade da pandemia do coronavírus que mudou, em muito pouco tempo, a maneira pela qual os clientes procuram os laboratórios para exames e, também, a forma de atendimento das empresas para a comunidade onde atuam. Com o passar dos dias e o agravar da pandemia, o Grupo Pardini, por exemplo, um dos maiores da Medicina Diagnóstica do país, vem tomando, diariamente, novas medidas para garantir agilidade e acurácia dos testes que oferece à população. Segundo o seu vice-presidente, Alessandro Ferreira, a realização de testes é um desafio. Para completar o portfólio de opções para combater a doença, o laboratório disponibiliza agora, com a garantia de diversas validações, o Teste Rápido Sorológico Qualitativo IgG-IgM.

O vice-presidente do Grupo Pardini, Alessandro Ferreira: “é nossa obrigação validar o máximo de testes rápidos que for possível”. Crédito: Beto Staino.

As grandes empresas de Medicina Diagnóstica do país estão se adequando à realidade da pandemia do coronavírus que mudou, em muito pouco tempo, a maneira pela qual os clientes procuram os laboratórios para exames e, também, a forma de atendimento das empresas para a comunidade onde atuam. Com o passar dos dias e o agravar da pandemia, o Grupo Pardini, por exemplo, um dos maiores da Medicina Diagnóstica do país, vem tomando, diariamente, novas medidas para garantir agilidade e acurácia dos testes que oferece à população. Segundo o seu vice-presidente, Alessandro Ferreira, a realização de testes é um desafio. Para completar o portfólio de opções para combater a doença, o laboratório disponibiliza agora, com a garantia de diversas validações, o Teste Rápido Sorológico Qualitativo IgG-IgM.

De acordo com Alessandro, existe uma infinidade de marcas de testes rápidos sendo executados no Brasil, mas o desempenho é bem heterogêneo. “Como uma empresa de referência nacional e internacional em Medicina Diagnóstica, é nossa obrigação validar o máximo de testes rápidos que for possível. Foi o que fizemos. Testamos incansavelmente até encontrar a melhor opção”, explicou.

O Teste Rápido identifica a presença ou não dos anticorpos para COVID-19 em amostras de sangue. “Estamos trabalhando 24 horas por dia, sete dias por semana, para melhor atender às demandas de todos – pacientes, médicos prescritores, laboratórios parceiros, hospitais e operadoras de saúde. O objetivo é um só: contribuir para o sistema de saúde do Brasil”, disse o vice-presidente do Hermes Pardini, Alessandro Ferreira.

O exame pode ser feito em lojas das capitais Belo Horizonte, Goiânia, Rio de Janeiro e São Paulo, onde a rede tem unidades próprias, desde que o paciente esteja há pelo menos 3 dias afebril, sem uso de antitérmicos e sem sintomas respiratórios, e há, no mínimo, 14 dias do início dos sintomas. Caso contrário, a coleta deve ser agendada para ser realizada pelo serviço de Drive-Thru do Hermes Pardini. Não é necessário apresentar pedido médico. O resultado é liberado em 2 horas, após a coleta da amostra de sangue, e pode ser acessado pela internet.

A infectologista Melissa Valentini, que é a assessora médica do Grupo Pardini e trabalha diretamente com a validação dos testes, reforça que, para diagnóstico da COVID-19 são usados basicamente três tipos de testes:

- Testes com detecção do vírus em secreções respiratórias, através de técnicas de biologia molecular (RT-PCR), que identificam sequências genéticas do SARS-CoV2 (vírus que causa a COVID-19). Esses testes devem ser coletados na primeira semana após o início dos sintomas, idealmente entre o 3º e 5º dia.

- Testes sorológicos, que detectam anticorpos produzidos pelo organismo após a COVID-19. Como a produção desses anticorpos não é imediata, esses testes devem ser solicitados após o 7º dia, idealmente de 14 a 20 dias após o início dos sintomas. “Há várias metodologias para realização de um teste sorológico. Algumas demandam equipamentos laboratoriais complexos para serem realizados”, acrescentou a médica.

- Testes rápidos (imunocromatográficos): são testes sorológicos que podem ser realizados através da coleta de sangue venoso ou com gota de sangue da polpa digital. “A vantagem desse teste é que ele é de fácil execução e pode ser realizado em locais sem estrutura laboratorial, com resultados em até 2 horas. Mas é importante que seja realizado em um local que tenha validado o teste para que seja possível interpretar o resultado de maneira correta”, alertou Melissa.

Para a infectologista, é imprescindível que o laboratório valide e compartilhe a visão técnica sobre os tipos de testes disponíveis, seus riscos e vantagens. “Precisamos esclarecer a todos sobre os métodos e estratégias diagnósticas disponíveis e recomendadas com base no conhecimento científico atual e principais diretrizes mundiais”. Ressalta ainda que, apesar da vantagem de ser de fácil execução, com liberação de resultado em curto espaço de tempo, os testes rápidos têm menor sensibilidade que os testes sorológicos convencionais e, por isso, é imprescindível que sejam interpretados por um médico para correlacionar o quadro clínico e epidemiológico.

Ela explica também que um resultado não reagente indica ausência de anticorpos detectáveis para COVID-19 nessa metodologia, mas não descarta a possibilidade de exposição ao SARS-CoV-2 ou COVID-19. Sendo assim, persistindo a suspeita de COVID-19, sugere-se a realização de um novo teste depois de 7 a 14 dias (idealmente 20 dias após o início dos sintomas), preferencialmente utilizando-se outra metodologia laboratorial.

Loja virtual, drive thru e teleconsultas são outras opções para combater a COVID-19

A rede de laboratórios Hermes Pardini criou o Serviço de Atendimento ao Paciente COVID-19. Estão disponíveis teleconsultas em Clínica Médica, para pacientes com sintomas da COVID-19, e atendimentos com psiquiatra e psicanalista para pacientes que já realizam tratamentos de saúde mental. Outros serviços são a coleta domiciliar, para realização dos exames PCR ou sorológico ELISA, e o drive-thru, para os dois exames, e, ainda, para o teste rápido nas capitais em que a rede atua com unidades próprias.

Para mais informações, acesse www.hermespardini.com.br/coronavirus

 

Portal Medicina & saúde: (31)3586-0937 | FAÇA CONTATO

medicina & saúde nas redes