Maternidade Odete Valadares celebra Novembro Roxo com programação especial sobre prematuridade

Por Fernanda Moreira Pinto/Fhemig

É considerado prematuro o bebê que nasce antes das 37 semanas de gestação – sendo prematuro moderado ou tardio o bebê nascido entre 31 e 36 semanas e seis dias e prematuro extremo o que entre 24 e 30 semanas de idade gestacional. Desde 2008, o Dia Mundial da Prematuridade é celebrado em 17 de novembro. Por isso, o mês é dedicado à conscientização para a causa. A cor roxa foi escolhida por ser símbolo de sensibilidade e individualidade e significar transmutação, mudança.

É considerado prematuro o bebê que nasce antes das 37 semanas de gestação – sendo prematuro moderado ou tardio o bebê nascido entre 31 e 36 semanas e seis dias e prematuro extremo o que entre 24 e 30 semanas de idade gestacional. Desde 2008, o Dia Mundial da Prematuridade é celebrado em 17 de novembro. Por isso, o mês é dedicado à conscientização para a causa. A cor roxa foi escolhida por ser símbolo de sensibilidade e individualidade e significar transmutação, mudança.

Segundo relatório de 2018 de uma coalizão global que inclui o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e a Organização Mundial da Saúde (OMS), quase 30 milhões de bebês em todo o mundo nascem cedo demais, pequenos demais ou adoecem a cada ano. O documento ainda afirma que, sem tratamento especializado, muitos recém-nascidos em risco não sobrevivem ao primeiro mês de vida.

Em função dessa importante causa, a Maternidade Odete Valadares (MOV), de Belo Horizonte/MG – referência estadual em gestação de alto risco – irá realizar, durante todo o mês de novembro, uma série de atividades para celebrar a data e chamar a atenção para a temática. A fisioterapeuta da Neonatologia da unidade, Paula Ribeiro Alves Fernandes, explica a necessidade da conscientização sobre prematuridade. “O Brasil ocupa a décima posição em números de partos prematuros no mundo. A prematuridade é a maior causa de mortes de bebês nos primeiros meses de vida. Ainda se fala muito pouco sobre o assunto no Brasil. Sendo assim, é importante haver um mês de conscientização da prematuridade, que englobe sociedade, profissionais de saúde e gestores do serviço público de saúde”, afirma.

Programação

Pelo instagram @guerreirosprematuros serão transmitidas lives durante todo o mês de novembro. Confira a programação:

  • 16/11 - Fisioterapeuta Paula Ribeiro (MOV) convida Dafne Herrero – fisioterapeuta e consultora do Brincar pela International Play Association Brasil
  • Tema: Intervenção Precoce e Prematuridade

Horário: 19h30

  • 18/11 - Psicóloga Adriana Torres (MOV) convida Daniela Bittar – psicóloga perinatal, puerperal e familiar
  • Tema: Construção da função materna na neonatologia

Horário: 13h

  • 23/11 - Assistente social Cristiane Oliveira (MOV) convida Matilde Fazendeiro Patente, promotora de Justiça do Ministério Público do Estado de Minas Gerais
  • Tema: Os direitos dos prematuros e suas famílias

Horário: 19h

  • 25/11 – Fonoaudiólogas Rossiane Vieira e Bruna Gerken (MOV) convidam Camila Ramos – fonoaudióloga do HJXXIII e professora do Instituto Mame Bem
  • Tema: Como amamentação pode favorecer a introdução alimentar

Horário: 19h

  • 26/11 - Nutricionista Elisangela Almeida e enfermeira Kátia Fonseca (Banco de Leite Humano da MOV)
  • Tema: Banco de Leite Humano e prematuridade

Horário: 19h

  • 30/11 - Terapeuta Ocupacional Cristiane Vieira (MOV) convida Patrícia Costa – terapeuta ocupacional, tutora do Método Canguru e coordenadora do ambulatório de seguimento do recém-nascido de risco do Hospital Sofia Feldman
  • Tema: Família e estimulação do desenvolvimento do prematuro

Horário: 18h

No dia 17 de novembro, às 10h, haverá a celebração do Dia Internacional da Prematuridade na Casa da Gestante da MOV. Será realizada uma homenagem aos trabalhadores da maternidade e familiares de prematuros.

Já no dia 21 de novembro, das 8h às 12h, acontece o IV Seminário da Prematuridade da MOV. O evento, que geralmente é presencial, neste ano será transmitido pelo youtube. Para participar é necessário se inscrever – gratuitamente - pelo link: https://www.sympla.com.br/iv-seminario-da-prematuridade-maternidade-odete-valadares__1043044

Portal Medicina & Saúde (31)3586-0937 | FAÇA CONTATO

medicina & saúde nas redes