Mais um importante aliado tecnológico para cirurgias endoscópicas

Os avanços da Medicina são da maior importância para a sociedade, sobretudo quando são oferecidos para a população. Nesse sentido, mais um novo procedimento especializado é integrado ao rol de serviços da Rede Mater Dei: a colangioscopia peroral. Essa técnica é recente no Brasil e consiste em um exame endoscópico que identifica enfermidades no canal biliar. O primeiro procedimento oferecido pela Rede Mater Dei aconteceu em meados de maio, forma pioneira em Minas Gerais.

O médico Vitor Arantes: “trata-se de um recurso tecnológico avançado que requer uma equipe experiente nesse tipo de intervenção”

Os avanços da Medicina são da maior importância para a sociedade, sobretudo quando são oferecidos para a população. Nesse sentido, mais um novo procedimento especializado é integrado ao rol de serviços da Rede Mater Dei: a colangioscopia peroral. Essa técnica é recente no Brasil e consiste em um exame endoscópico que identifica enfermidades no canal biliar. O primeiro procedimento oferecido pela Rede Mater Dei aconteceu em meados de maio, forma pioneira em Minas Gerais.

De acordo com o coordenador do Serviço de Endoscopia do Mater Dei Contorno, o médico Vitor Arantes, “a colangioscopia peroral é indicada para pacientes que possuem estreitamento do canal biliar de causa indefinida e também para pacientes com cálculos de colédoco de grande tamanho ou com alterações anatômicas. O procedimento consiste na introdução de uma microcâmera, de alta resolução, por meio de um endoscópio ultrafino, dentro do canal biliar. Com isso, conseguimos ter a visão endoscópica muito melhor do canal”.

Esse procedimento, acrescenta, também é um importante aliado no tratamento de algumas doenças no pâncreas, como para avaliação da extensão de tumores malignos ou benignos.

Os especialistas da equipe de Endoscopia do Mater Dei Contorno foram capacitados em treinamentos especializados para a realização do procedimento. “É um recurso tecnológico avançado que foi desenvolvido recentemente e requer uma equipe treinada e experiente nesse tipo de intervenção. O treinamento foi realizado em vários cursos e congressos”, comenta o médico.

 

Portal Medicina & Saúde (31)3586-0937 | FAÇA CONTATO

medicina & saúde nas redes