Ecocardiograma: A importância do Ecocardiograma na prevenção de doençasÉ muito comum ouvirmos pessoas de diversas faixas etárias, sobretudo pessoas idosas, dizendo que fizeram um ecocardiograma. Mas poucos sabem da importância desse exame, para que serve, ou quais doenças ele pode detectar. De acordo com o cardiologista Márcio Aurélio Vilela Ribeiro, que está à frente do Serviço de Ecocardiografia do Hospital Vila da Serra, o ecocardiograma é um exame extremamente útil e de baixo custo para a avaliação das diversas funções do coração. “Quando bem indicado pelo seu médico, torna-se uma ferramenta importante no diagnóstico e na prevenção de diversas doenças”.

O cardiologista Márcio Aurélio Vilela Ribeiro: “ferramenta importante no diagnóstico e na prevenção de diversas doenças”.

É muito comum ouvirmos pessoas de diversas faixas etárias, sobretudo pessoas idosas, dizendo que fizeram um ecocardiograma. Mas poucos sabem da importância desse exame, para que serve, ou quais doenças ele pode detectar. De acordo com o cardiologista Márcio Aurélio Vilela Ribeiro, que está à frente do Serviço de Ecocardiografia do Hospital Vila da Serra, o ecocardiograma é um exame extremamente útil e de baixo custo para a avaliação das diversas funções do coração. “Quando bem indicado pelo seu médico, torna-se uma ferramenta importante no diagnóstico e na prevenção de diversas doenças”.

É um exame cardiológico que utiliza as propriedades físicas do som (ultrassom) para formação da imagem cardíaca. O transdutor ou sonda, aparelho utilizado no peito do paciente com gel, possui pequenos cristais em seu interior que, quando estimulado por uma energia elétrica, começam a vibrar e a produzir ondas sonoras, não audíveis pelo ouvido humano (ultrassom). Essas ondas sonoras são refletidas (ecos) pelos órgãos e tecidos do corpo, e enviadas, novamente, ao transdutor, transformadas em sinal elétrico e formando a imagem do coração.

Segundo o Dr. Márcio Aurélio, que se especializou em Cardiologia pelo Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, a ecocardiografia teve seus primórdios nos meados da década de 1950 e, desde de lá, vem incorporando e desenvolvendo novas tecnologias de aquisição da imagem, tornando-a uma ferramenta diagnóstica incrivelmente versátil e útil na prática clínica. “Principalmente, nos últimos cinquenta anos, esse procedimento evoluiu rapidamente, com melhora das imagens, redução dos equipamentos, aprimoramento dos softwares, desenvolvimento dos agentes de contraste e auxílio nos procedimentos médicos pouco invasivos”.

O exame é extremamente útil e de baixo custo para a avaliação das diversas funções do coração. Ele é muito importante principalmente em pacientes com sopro cardíaco (doença das válvulas cardíacas); coração grande (dilatado); em pacientes com falta de ar, com infarto e história de morte súbita em parentes de primeiro grau; atletas de alta performance; cirurgias de grande porte (risco cirúrgico); avaliação das pressões do pulmão; bem como em pacientes hipertensos e diabéticos”.

A doença cardiovascular, destaca, é a mais frequente em pessoas idosas como, também, é a principal causa de morte em homens e mulheres com idade superior a 65 anos. “Com o aumento da expectativa de vida, os pacientes idosos tornam-se mais frequentes nos consultórios cardiológicos. A pressão arterial aumenta com o envelhecimento, tornando um forte indicador para os eventos cardíacos, principalmente nas mulheres. Até a idade de 80 anos, homens e mulheres sofrem infarto de forma igual. Após essa idade, é mais frequente em mulheres.

Para acompanhar o envelhecimento do coração e suas consequências, o ecocardiograma é o exame de imagem mais usado e normalmente utilizado como exame inicial para avaliar todas as doenças cardiovasculares”. Daí a importância de se fazer o check up cardiológico regularmente, alerta o médico, chamando a atenção para a sua importância. O exame é focado na prevenção e nos fatores de riscos, de forma a evitar a possibilidade de os pacientes sofrerem algo letal, como um infarto, um AVC ou arritmias.

A ecocardiografia, como um exame completo e de fácil acesso, avalia, de forma rápida, as condições cardíacas, deixando o cardiologista confortável nas suas decisões, esclarece.

 

Portal Medicina & saúde: (31)3586-0937 | FAÇA CONTATO

medicina & saúde nas redes