Dia Nacional de Controle do Colesterol objetiva conscientizar a população sobre o assuntoA Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, que comemorou no dia 19 de setembro tanto seu aniversário – 83 anos –, como o Dia do Ortopedista, aproveitou a data para alertar para um problema crescente, o número de pessoas com problemas de coluna, principalmente das vértebras cervicais – que ficam no pescoço –, decorrente do uso do celular em postura inadequada.

Exercícios regulares, com orientação médica, ajudam a manter o colesterol ruim em nível adequado

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) 300 mil pessoas morrem, anualmente, por causa de doenças cardiovasculares. Esse número deve aumentar em 28% até 2020, segundo expectativa projetada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Um dos principais fatores de risco para que elas aconteçam é o LDL elevado (colesterol ruim).

A única forma de identificar o alto índice do colesterol ruim em nosso organismo é por meio do exame de sangue. Só no Brasil, 18,4 milhões de pessoas estão com o colesterol alto, o que representa 12,5% da população. No Dia Nacional de Controle do Colesterol, 08 de agosto, a Rede Mater Dei de Saúde busca conscientizar a todos sobre a importância de inserir hábitos saudáveis no dia a dia.

O colesterol é uma molécula que está presente na membrana das células do nosso organismo formando órgãos e sistemas como coração, cérebro, fígado, sistema digestivo e sistema nervoso. Além dessa função estrutural, o corpo usa o colesterol para produzir alguns hormônios, tais como vitamina D, testosterona, estrógeno, cortisol e para metabolização de algumas vitaminas. “Quando apresentamos excesso de colesterol circulando no organismo, pode ocorrer um armazenamento indevido dessas moléculas de gordura na parede das artérias. Se essas placas formadas vão crescendo, podem atrapalhar o fluxo de sangue pelas artérias ou podem sofrer rupturas que culminam na obstrução aguda de uma artéria. Esses mecanismos são causas de dor no peito, falta de ar, Angina, Infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC)”, explica a coordenadora do Serviço de Medicina do Esporte da Rede, Carla Tavares.

A médica explica que alguns hábitos podem ajudar a manter o colesterol ruim em nível adequado. “Em primeiro lugar, manter hábitos de vida saudáveis com exercícios regulares, menos stress, mais alimentos in natura e menos alimentos processados, manter o peso ideal, não fumar e manter a glicose controlada. Além disso, deve-se manter as avaliações médicas em dia por meio de check-ups regulares e, quando for orientado pelo médico, fazer uso de medicamentos para reduzir a produção e/ou diminuir a absorção do colesterol”, reforça.

Atendimento na Rede Mater Dei de Saúde

O Mater Dei disponibiliza o serviço de Medicina Preventiva - Check-up, pelo qual pode-se acompanhar periodicamente os indicadores de saúde e pesquisar fatores de risco cardiovascular. Além disso, oferece o Serviço de Medicina do Esporte para orientar de forma adequada a atividade física e a parte nutricional dos atletas. A Rede disponibiliza, ainda, equipe de cardiologia e endocrinologia no Mais Saúde Mater Dei.

Portal Medicina & saúde: (31)3586-0937 | FAÇA CONTATO

medicina & saúde nas redes