Dezembro laranja: um sinal pode ser câncer de pele!

Está chegando mais um #DEZEMBROLARANJA, campanha do câncer de pele da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). No ano de 2019, além de conscientizar a população sobre a prevenção desde a infância, a iniciativa tem como objetivo principal alertar sobre os #SINAISDOCANCERDEPELE para diagnóstico e tratamento precoces, aumentando as chances de cura na grande maioria dos casos. Os números de câncer de pele no Brasil são alarmantes! De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), anualmente, são diagnosticados 180 mil casos novos da doença. Isso significa que 1 em cada 4 casos novos de câncer no Brasil, é de pele.

O Dr. Sérgio Palma: “reduzir a mortalidade pelo câncer de pele é meta alcançável” - Crédito: Mariana Annunziato

Está chegando mais um #DEZEMBROLARANJA, campanha do câncer de pele da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). No ano de 2019, além de conscientizar a população sobre a prevenção desde a infância, a iniciativa tem como objetivo principal alertar sobre os #SINAISDOCANCERDEPELE para diagnóstico e tratamento precoces, aumentando as chances de cura na grande maioria dos casos. Os números de câncer de pele no Brasil são alarmantes! De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), anualmente, são diagnosticados 180 mil casos novos da doença. Isso significa que 1 em cada 4 casos novos de câncer no Brasil, é de pele.

“Temos um problema de saúde pública e a SBD transformou esse problema numa ampla campanha de combate ao câncer da pele por meio do dezembro Laranja, mês de conscientização sobre a doença, explica Dr. Sergio Palma, Presidente da Instituição. Segundo ele, “reduzir as estatísticas de incidência e mortalidade de câncer da pele é uma meta alcançável e a Sociedade Brasileira de Dermatologia está comprometida com essa causa”.

Esse ano, a principal peça publicitária da campanha é um filme que conta a história de luta e superação do Mário, do Hélio, e do Ricardo, pacientes respectivos de carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e melanoma, os 3 tipos principais de câncer de pele (Assista: https://bit.ly/2DpUdhv). Segundo o dermatologista Elimar Gomes, Coordenador Nacional do Dezembro Laranja, “quase 90% dos casos existentes são de carcinomas. Esses tumores têm letalidade baixa, mas provocam cerca de 1900 óbitos a cada ano no nosso país. Menos comum, o câncer melanoma é o tipo mais agressivo e, por este motivo, causa mais de 1700 óbitos anualmente. Nós conhecemos a origem da doença e sabemos que é possível preveni-la, por este motivo a conscientização pública é uma das formas de reduzir o número de casos”, conclui o médico.

Entre as iniciativas, também está prevista, a divulgação nas plataformas digitais (Facebook, Instagram, Youtube e Site) marcadas com as hashtags #DezembroLaranja e #SinaisdoCancerdePele. O público simpatizante pode se engajar na campanha e compartilhar nas redes sociais, customizando a foto de perfil e as publicações da SBD, por exemplo. Assim como nos anos anteriores, personalidades e lideranças em suas áreas de atuação participarão do movimento vestindo a cor laranja e monumentos nacionais serão iluminados com a cor símbolo da campanha, frisando o compromisso com a prevenção, diagnóstico e tratamentos precoces.

 

Portal Medicina & saúde: (31)3586-0937 | FAÇA CONTATO

medicina & saúde nas redes