Clínica Origen

Fundada em 1995, pelos médicos especialistas em Reprodução Humana e Embriologia, Marcos Sampaio e Selmo Geber, a Clínica Origen está entre as maiores da América Latina. Segundo o Dr. Marcos Sampaio, o porte científico adquirido ao longo de 22 anos de atividades e a confiança dos pacientes são fatores que, somados, explicam a trajetória de sucesso do empreendimento que se dedica a realizar sonhos de maternidade e de paternidade a inúmeros casais.

Os médicos Selmo Geber, Marcos Sampaio e Rodrigo Hurtado, da Clínica Origen

Fundada em 1995, pelos médicos especialistas em Reprodução Humana e Embriologia, Marcos Sampaio e Selmo Geber, a Clínica Origen está entre as maiores da América Latina. Segundo o Dr. Marcos Sampaio, o porte científico adquirido ao longo de 22 anos de atividades e a confiança dos pacientes são fatores que, somados, explicam a trajetória de sucesso do empreendimento que se dedica a realizar sonhos de maternidade e de paternidade a inúmeros casais.

Para manter-se na vanguarda do seu segmento, a Origen está ampliando o espaço físico do seu laboratório, para a chegada de novos equipamentos. Essa tem sido a rotina da empresa que, durante a sua jornada, tem apresentado aos clientes diversas inovações tecnológicas.

Com matriz em Belo Horizonte, na Avenida do Contorno, 7747, bairro Cidade Jardim, a clínica tem filiais no Rio de Janeiro (Origen) e em São Paulo (Art Medicina), além de uma rede de médicos e clínicas conveniadas no interior de Minas Gerais e na Bahia, com 60 parceiros. Em Belo Horizonte, atuam 25 profissionais entre médicos altamente qualificados, enfermeiros e psicóloga, com média de 60 a 80 procedimentos mensais. No Brasil, esse número chega a 150, conforme o médico.

Dos clientes, 40% são oriundos de Belo Horizonte. Os 60% restantes são do interior de Minas Gerais, de outros Estados e países. Recentemente, a Origen recebeu um casal de Hong Kong, que veio à capital mineira para o tratamento de reprodução assistida. “A qualidade dos nossos serviços e os preços atraem estrangeiros. Há casos de brasileiros que retornam do exterior para fazer o tratamento no país”, destaca Marcos Sampaio.

Apenas há 15 anos, a Origen começou a contabilizar o número de bebês que ajudou a trazer ao mundo. “São quase 7.500, apenas em Belo Horizonte e Rio de Janeiro”, comenta. Além da infraestrutura, da tecnologia e da qualificação profissional disponíveis, a efetividade do tratamento também depende da confiança e da insistência dos clientes.

O médico explica que o resultado do tratamento é relacionado à causa da infertilidade e à idade da mulher. Esse percentual pode chegar até 60%. Considerando que a mulher, na sua idade mais fértil, tem 20% de chances de engravidar sem tratamento, as técnicas de reprodução assistida aumentam essa possibilidade porque o tratamento tem controle sobre diversas variáveis que a natureza humana não dispõe como, por exemplo, a certeza dos embriões estarem no útero.

A relação com o cliente está entre os grandes diferenciais da clínica. “Esse é um tratamento que demanda tempo e, na maioria dos casos, perseverança. O investimento psicológico também é muito grande, por causa da expectativa envolvida”, lembra.

Periodicamente, a Origen promove circuitos de palestras sobre reprodução assistida para a comunidade. “Participamos de todos os congressos científicos importantes no Brasil e, vários no mundo e promovemos palestras e reuniões científicas para atualizar os médicos da nossa equipe e os parceiros”, conclui.

Serviço:
Clínica Origen
Endereço: Av.Contorno, 7747. Cidade Jardim - Belo Horizonte - MG
Fone: (31)2102-6363
Site: www.origen.com.br

 

Portal Medicina & saúde: (31)3586-0937 | FAÇA CONTATO

medicina & saúde nas redes